Grocery: Como anda a expansão do e-commerce de supermercados?

Grocery: Como anda a expansão do e-commerce de supermercados?

Com os acontecimentos globais dos últimos dois anos, a experiência do consumidor se desenvolveu de maneira muito mais rápida do que o esperado. Interações com marcas e experiências de compra tomaram rumos extremamente diferentes do que costumavam ser.

Em 2022, 50% dos consumidores globais dizem que a pandemia fez com que reavaliassem seus propósitos sobre o que realmente é importante, remetendo à diferentes aspectos da maneira como vivíamos, trabalhávamos e costumávamos fazer compras apenas 2 anos atrás.

Em um mercado altamente competitivo, o atendimento personalizado se tornou sinônimo de fidelização para o cliente

Com a transformação digital, muitos varejistas se encontraram na necessidade de optar pelos canais digitais

A preocupação pela necessidade de migrar ou expandir os negócios para o ambiente digital também chegou aos donos de supermercados, que se viram diante de um novo desafio: conquistar o e-commerce de Grocery.

O crescimento do E-commerce de Supermercado

Conhecido por e-Grocery, o e-commerce para supermercados teve seu crescimento garantido nos últimos anos. Apenas em 2020, foi registrado que as compras através de Grocery cresceram 180%.

Com as incertezas do isolamento social, grandes marcas arriscaram sua entrada no mercado online de alimentos e bebidas. Um ótimo exemplo disso é o Mercado Livre, que passou a oferecer a opção de Grocery. Essa influência foi responsável pela mudança em relação ao e-commerce de supermercados.

No Black Friday de 2021, o setor de maior destaque também foi o de Grocery, atingindo a faixa de 80% das vendas realizadas no evento pelo Mercado Livre. Essa porcentagem também representa o aumento de 540% no volume dos pedidos na categoria.

Essa mudança rápida na digitalização fez com que se tornasse necessário para donos de supermercados, conhecer mais sobre e-commerce e como desenvolver valor integrado que possa agir com as necessidades do consumidor ao mesmo tempo que projeta sua rentabilidade.

O funcionamento do e-Grocery funciona ao ser conectado às lojas físicas que reestruturam seus modos de negócio, podendo atender também o mundo digital. O pedido é feito no online, entrando no sistema que repassa a lista do cliente até um atendente que fará a busca pelos produtos que foram escolhidos. 

Em uma pesquisa do McKinsey, descobriu-se que consumidores passaram a buscar um novo modelo de vida, onde possam ser mais saudáveis e economizar dinheiro. 

Isso demonstra a necessidade da presença digital que pode ajudar donos de supermercados a destacar seus negócios, personalizar promoções e envolver os consumidores de uma forma mais significativa.

Desafios do e-Grocery

Supermercados costumam estocar uma gama variada de produtos, onde a maior parte é a de alimentos e produtos perecíveis. Isso é um dos fatores que agrega uma série de desafios ao modelo digital de venda.

Além de serem sensíveis ao tempo e às condições de armazenamento, os produtos alimentícios são frequentemente vendidos com muitas opções diferentes. 

Alguns produtos são vendidos por peso e não por peça, e suas condições também variam de dia para dia. Basta pensar na natureza sempre mutável de um abacate ou de uma banana, e muitos dos desafios de vendê-los on-line tornam-se aparentes.

Estes são apenas alguns dos desafios que podem aparecer na jornada do e-commerce de supermercados, exigindo a atenção de líderes e especialistas para que os negócios possam funcionar da maneira correta na categoria.

Entre em contato com a Codeby falar com especialistas de E-commerce!

Evolua seu e-commerce! Conte com a ajuda do time Codeby, uma agência especializada em tecnologia, focada em performance e usabilidade para ajudar empresas a venderem mais através de seus canais digitais. 

Conheça tudo sobre e-Grocery conversando com nossa equipe de especialistas.

Deixe um comentário

Os comentários precisam ser aprovados antes da publicação.